Letras de Músicas da Hora

Mamãe Sangra

Cidade Negra

 

Mamãe Sangra

Olhando dentro dos seus olhos
Eu vejo a minha própria imagem
Que iguala nossos sentimentos
Vontade de ter liberdade

Procuro com emus prórpios meios chegar
No fundo dos seus sentimentos
Seus filhos todos separados
Apartheid não tem fundamento

Piquete, distúrbio e a polícia
Chega armada até os dentes
Massacra quem quer liberdade
Em teu seio sangra

Mãe Africa, Mãe Africa

Anterior Próximo